Pesquisas qualitativas e quantitativas: diferenças e implicações

 Quando as empresas entram em algum mercado, possuem algum problema ou querem descobrir algo sobre o seu negócio, precisam realizar uma pesquisa de mercado. O que ocorre muitas vezes é não utilizar a metodologia correta na aplicação dessa ferramenta. Uma das questões mais freqüentes é: O que seria melhor implantar, uma pesquisa qualitativa ou quantitativa?

Para responder isso de forma mais assertiva, vamos entender o significado de ambas, suas diferenças e implicações.

Pesquisa Qualitativa

Possui um caráter exploratório, ou seja, estimula os respondentes a pensarem e refletirem sobre algum conceito, objeto ou tema. Mostra aspectos subjetivos e atinge motivações não explicitas, ou mesmo conscientes de forma espontânea. Por permitir o âmbito da interpretação, é usada quando o objetivo é buscar percepções e entendimento sobre a natureza geral de uma questão. Os exemplos mais comuns desse tipo de pesquisa são: Focus Group, entrevistas em profundidade e entrevistas etnográficas

Pesquisa Quantitativa

Possui classificação conclusiva, considerando tudo que pode ser quantificável, traduz em números as informações e opiniões coletadas, para serem analisadas e classificadas. Exige o uso de técnicas e recursos estatísticos, alguns exemplos são: Estudos de satisfação de clientes, estudos U&A (usos e atitudes dos consumidores), estudos de imagem e posicionamento de marca, estudos de segmentação de consumidores, mistery shopper, pesquisas de opinião, pré e pós-testes publicitários, monitoração contínua da publicidade (trackings), estudos contínuos de comportamento do consumidor e histórico de marcas, entre muitos outros.

Pesquisa Qualitativa X Pesquisa Quantitativa

Sendo assim, podemos analisar algumas diferenças entre elas.

Amostra

  • Qualitativa – O número de entrevistados geralmente é pequeno, não objetiva projetar resultados à população.
  • Quantitativa – Os dados são divulgados para a população, o que exige um número maior de entrevistados para garantir exatidão nos resultados.

Entrevista

  • Qualitativa – Feita através de discussões em grupo, mesas redondas, entrevistas em profundidade, entre outros, buscando pessoas relacionadas ao tema em questão, priorizando quem nunca participou desse tipo de abordagem.
  • Quantitativa – Estabelece critérios para a realização das entrevistas como: gênero, idade, classe social, localização geográfica, entre outros.

Questionário

  • Qualitativa – Normalmente é elaborado um roteiro, e as entrevistas são gravadas para serem posteriormente analisadas.
  • Quantitativa – É utilizado um questionário padronizado e uniforme, com questões claras e objetivas.

Análise

  • Qualitativa – São analisadas as informações do roteiro, dando ênfase nas opiniões, frases e comentários, além da observação comportamental.
  • Quantitativa – São necessárias interpretações e conclusões, bem como mostrar tabelas e percentuais gráficos.

Levantado os esclarecimentos sobre essas ferramentas, podemos responder a questão inicial afirmando que um método não é excludente do outro, embora difiram entre si, podem ser utilizadas de forma complementar.

O importante é analisar cada caso de forma específica para definir o melhor método a ser utilizado e que garanta resultados mais eficientes. Pensando nisso a Comentto realiza desde a consultoria até o planejamento, aplicação e análise dos dados levantados.

“A pesquisa é o ponto inicial para o marketing. Sem ela, uma empresa entra em um mercado às cegas.”
Philip Kotler

Faça da pesquisa de mercado uma aliada nas decisões da sua empresa, garantindo o sucesso e indicando com segurança, o melhor caminho a se seguir.

Facebooktwittergoogle_plus

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *